domingo, 27 de setembro de 2015

Douro da infância

Foto: António Barreto
 Régua, Douro-1970


Meninos do rio,
marinheiros destemidos de água doce.

Capitães.
Tratam o rio por tu.
Vão à proa até à foz.

Sonham, 
voam.

Amigos. 
De um tempo que eles sabem.
que é de oiro.

O rio guarda-lhes o riso em ecos de eternidade.


Ana de Melo

Sem comentários:

Enviar um comentário